AECOR-RJ dá dicas para corretor superar dificuldades na pandemia

Como o corretor de seguros pode superar o atual momento de crise, gerado pela pandemia de COVID-19? De acordo com o diretor da Associação Estadual dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (AECOR-RJ), Roberto Cabral, a palavra chave é “negociação”, principalmente para aqueles profissionais que não possuem uma reserva para emergências.

Do ponto de vista do mercado, ele acredita que os corretores devem se unir para reivindicar às seguradoras maior agilidade na liberação de comissões ou mesmo a sua antecipação, bem como mais rapidez na regulação de sinistros. Cabral acredita que a atuação dos corretores é vital para que esse tipo de prática se concretize de fato, e para que a categoria não fique passiva diante dos acontecimentos.

“A Fenacor, com toda a sua representatividade, fez o seu papel ao convocar as companhias a ampliarem as suas coberturas e manterem as indenizações para casos de pandemia”, exemplifica. Ele conta que também solicitou posicionamento em nome de seus corretores e clientes, obtendo êxito. “Porém, penso que se não tivéssemos feito assim, os procedimentos adotados teriam sido diferentes”, completa.

No sentido de manter a sustentabilidade de suas finanças, ele aconselha que “tentem a negociação de aluguéis, contratos de compra de qualquer bem, e que verifiquem com seus contadores a postergação do pagamento de impostos – no caso dos inscritos no Simples Nacional, por exemplo, houve uma prorrogação”, lista, destacando a importância de fazer isso antes dos vencimentos.

“Depois que isso tudo passar, acredito que será preciso repensar e reorganizar o mercado. Com certeza muitos corretores irão de reposicionar: escritórios para quê? Esse número de funcionários imprescindível?”, questiona Cabral.

O corretor Pedro De Lucca Neto, também dirigente da Associação, faz eco ao elogio à atuação da Fenacor. “Após um momento de incertezas e alguma insegurança sobre como as seguradoras iriam proceder no que tange à liquidação dos sinistros de Vida relacionados ao COVID-19, a Federação cobrou postura proativa das seguradoras em prol do consumidor e, para o bem da nossa categoria, houve bom senso. Esperamos que a postura do mercado continue a mesma”, diz.

“O importante em uma hora como essa é manter a saúde, a alimentação, e garantir alguma tranquilidade para suportar este cenário. A AECOR-RJ está à disposição para auxiliar os corretores que necessitarem. Contem conosco!”, ele finaliza, considerando a criação de um fundo de ajuda profissional para profissionais que estiverem com dificuldades para manter os seus negócios.


Foto: Roberto Cabral e Pedro De Lucca Neto, diretores da AECOR-RJ

0 visualização

Agência Seg News - Com informação suas decisões são mais seguras @2019 Todos os direitos reservados

Rua Fritz Muller, 140 - São Paulo-SP Cep 02634-080   -  WhatsApp: 95794-6570   -  Tel 2278-1774