Parceria PASI e FIEPE leva proteção para a Indústria de Pernambuco


Nos últimos 15 anos, a margem de lucro do mercado segurador, ou seja, a medida entre o lucro líquido sobre o patrimônio líquido, tem oscilado entre 17% e 22%. Em 2018, deverá chegar a 20% contra 17,5% em 2017. Para Flávio Faggion, sócio da Siscor, esse crescimento é resultado de ações das seguradoras. "Elas passaram a otimizar e melhorar muito a sua capacidade de aceitação de risco sem deixar que a produção caísse. Isso fez com que a sinistralidade em 2018 reduzisse 2 pontos percentuais em relação a 2017", explica Faggion em mais uma edição do Panorama do Seguro. Outro aspecto, aponta, são as ações tomadas para a melhoria da produtividade e diminuição com as despesas administrativas, que chegaram a cair, também, dois pontos percentuais: de 22% para 20%. Apesar disso, Faggion acredita que ainda há o que melhorar. "As operadoras têm que se aperfeiçoar para atender a demanda do atual mercado de consumo que já está mudando e vai mudar mais ainda, mas os nossos produtos de seguros ainda estão privilegiando coberturas que não estão olhando para esse mercado", conclui. Confira a 16ª edição completa em: http://www.sindsegsp.org.br/site/sindsegsp-tv-video.aspx?id=18 Apresentado pelo jornalista Paulo Alexandre e pelo consultor de economia Francisco Galiza, o programa Panorama do Seguro é exibido duas vezes por mês, com convidados especiais, dicas de leitura, análise da economia e do setor de seguros. Todas as edições do Panorama podem ser conferidas no link http://www.sindsegsp.org.br/site/sindsegsp-tv-video.aspx?id=5 .


0 visualização

Agência Seg News - Com informação suas decisões são mais seguras @2019 Todos os direitos reservados

Rua Fritz Muller, 140 - São Paulo-SP Cep 02634-080   -  WhatsApp: 95794-6570   -  Tel 2278-1774