Reservas da capitalização crescem 5,3% em outubro e ultrapassam R$ 32 bilhões

A Federação Nacional de Capitalização (FenaCap), divulgou informações sobre o desempenho do segmento entre os meses de janeiro e outubro. As reservas técnicas - valores acumulados pelos clientes com títulos de capitalização ativos - alcançaram R$ 32,2 bilhões, um avanço de 5,3% em relação ao mesmo período do ano passado, consolidando tendência de alta verificada ainda no primeiro semestre.

Os resgates realizados antecipadamente ou ao fim do prazo de vigência apresentaram queda de 3,9%, somando R$ 14,9 bilhões no período. "Esses dois indicadores traduzem um comportamento cauteloso dos consumidores diante das incertezas que ainda predominam na economia, mas a perspectiva de vacinação vem provocando uma melhora geral nas expectativas, o que nos traz otimismo ", diz Marcelo Farinha, presidente da Federação, adiantando que o mercado projeta encerrar 2020 com crescimento de até 1,5%. O prêmios distribuídos a clientes sorteados de todo o país alcançaram R$ 852,1 milhões , o equivalente ao pagamento de R$ 4,1 milhões por dia útil do período. O faturamento global das 15 empresas autorizadas a comercializar títulos de capitalização no país, que teve forte recuperação no terceiro trimestre, atingiu R$ 18,9 bilhões, mas ainda apresenta, como já era esperado, um recuo de 3,4% em relação aos mesmos meses de 2019.


Marcelo Farinha, presidente da Federação