Posse da nova presidencia da CNSeg tem como destaque compromisso com desenvolvimento do setor!

A Confederação Nacional das Seguradoras — CNseg realizou na noite de ontem (26/04), em São Paulo, a cerimônia de posse da nova presidência da entidade. O evento reuniu mais de 300 pessoas; entre elas, os novos representantes das Federações que integram a Confederação, Susep e outros representantes do governo estadual e federal, bem como seguradoras e sindicatos regionais do setor segurador, além das grandes referências da noite: atual Presidente da Confederação, Marcio Coriolano, Roberto Santos e Dyogo Oliveira, que assumem a partir de 30 de abril os cargos de Presidente do Conselho Diretor e Diretor-Presidente da CNseg, respectivamente.

Em seu discurso, Marcio Coriolano agradeceu o setor, os representantes das federações, destacando a honra em transmitir suas funções aos novos presidentes da Confederação Nacional das Seguradoras. “Roberto Santos tem sua reconhecida excelência, que está sendo agora brindada com sua nova missão no Conselho Diretor da CNseg”, pontuou Coriolano, que completou: “Também dou boas-vindas ao Dyogo Oliveira, cuja capacidade dispensa comentários e é igualmente reconhecida pela sociedade brasileira, governo e o nosso setor de seguros.”

Dyogo Oliveira, ao abordar “a missão de contribuir com o desenvolvimento do mercado de seguros no país”, declarou: ”Queria compartilhar a minha emoção com este momento. É um mercado que acompanho e participo das discussões há bastante tempo e agora retorno com o setor mais desenvolvido, vibrante e eficiente, repleto de inovação tecnológica, produtos e novos meios de relacionamento com os segurados. Isso me motiva ainda mais para, junto com o Roberto, estar à altura desta confiança depositada, mantendo a continuidade do legado e bons resultados do Marcio Coriolano.”

Em seu discurso, o Presidente do Conselho Diretor da CNseg -- formado pelos presidentes das seguradoras -, Roberto Santos, ressaltou o avanço do diálogo com os órgãos reguladores, o fortalecimento da parceria com corretores de seguros e a responsabilidade que ele e Dyogo Oliveira têm pela frente. “Estamos colocando o melhor da nossa experiência a serviço do setor de seguros. Já avançamos muito, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para a sociedade brasileira dar o real valor ao seguro, um dos pilares fundamentais da economia do país”, afirmou.

A cerimônia iniciou com um vídeo institucional que destacou o legado, conquistas e desafios do setor nos últimos seis anos, destacando resultados como crescimento na arrecadação, o recorde de R$ 1,6 trilhão em ativos garantidores em 2021 reinvestidos na economia brasileira, o desempenho em segmentos como seguros gerais, previdência complementar, capitalização e saúde suplementar, além do amparo à sociedade em meio à pandemia, quando mais de R$ 6 bilhões beneficiaram cerca de 162 mil famílias.

A cerimônia de posse contou também com apresentações dos novos presidentes das Federações integrantes da CNseg, como Marcelo Farinha, da FenaCap; Manoel Peres, da FenaSaúde; Edson Franco, da FenaPrevi, e Antônio Trindade, da FenSeg. Juntos, os porta-vozes destacaram o compromisso com o fortalecimento do setor por meio das suas áreas de atuação, o foco na ampliação do diálogo, regulação eficiente e combate às más práticas, em prol do crescimento sustentável do setor e do impulsionamento da cultura de planejamento e proteção que atendam às necessidades da sociedade.

O superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Alexandre Camillo, se colocou à disposição para que o sucesso do mercado seja ainda mais amplo, salientando o comprometimento com o diálogo para equacionar pontos que sejam fonte de preocupação, estabelecendo a confiança necessária que transmita segurança para se investir, empreender e desenvolver o setor. A cerimônia também contou com parlamentares, como o deputado Artur Leal, representando a Câmara dos Deputados, e o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim. Os porta-vozes convergiram para o estreitamento de laços do setor com o governo e reforçaram que para o país obter uma economia inclusiva e sustentável, é preciso uma indústria de seguros cada vez mais forte para garantir proteção a sociedade.

Representando todo o setor segurador, Roberto Santos homenageou Marcio Coriolano, ao entregar uma placa de reconhecimento por sua contribuição ao setor de seguros. “O Marcio conduziu a CNseg com muita firmeza, sabedoria, construindo alicerces e pavimentando uma estrada que nos levará ao avanço ainda maior do mercado”, afirmou.

O evento também contou com a palavra do presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros, Armando Vergílio, que deu boas-vindas à nova presidência da CNseg, colocando à disposição os cerca de 120 mil corretores de seguros que atuam na missão de levar a cultura de proteção e segurança para a sociedade e o país.

Confira mais detalhes da cerimônia e o vídeo completo do evento no portal da CNseg.