Minuto: Preços dos seguros dos carros mais vendidos em Outubro de 2020

Preço médio do seguro para mulheres tem queda em nove modelos, enquanto cotações para os homens registram elevação em seis veículos da lista; KA fica com o seguro mais barato para ambos os públicos - A Minuto Seguros, uma das principais corretoras do País e líder no segmento de seguros online, acaba de realizar um estudo com base na lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) com os carros mais vendidos no Brasil em outubro. Desde a chegada da pandemia do novo coronavírus no Brasil, o Onix, da Chevrolet, alcançou seu melhor resultado em vendas em outubro. Foram 12.203 unidades comercializadas, o que fez com que o hatch fechasse o mês novamente na liderança do ranking dos carros mais vendidos do País. Com relação ao preço do seguro do Onix, houve queda na média geral entre as capitais cotadas para homens e mulheres. Para eles, a redução foi de 1,5% e, para elas, de 3,5%.

No Rio de Janeiro, a queda no valor do seguro do Onix foi ainda mais acentuada. Para os homens, o preço passou de R$ 2.262, em setembro, para R$ 1.893, em outubro, uma redução de 16,3%. No que diz respeito às cotações para mulheres na capital carioca, a retração de valores foi ainda mais acentuada, já que saiu de R$ 1.903 para R$ 1.316, ou seja, 30,8% mais barato do que no levantamento anterior.

Após ter perdido a segunda colocação do ranking para o Gol em setembro, o HB20 recuperou a posição e terminou como vice-líder em outubro, registrando também uma leve elevação no preço médio do seguro, de 1,6% para o público masculino e 1,2% para o feminino. Em compensação, houve redução no valor das cotações em São Paulo e no Rio de Janeiro. Na capital paulista, a queda foi de 2% para os homens e de 11,2% para as mulheres. Já na capital carioca, o preço diminuiu em 3% para eles e 22,3% para elas.

Já o Onix Plus, que voltou a aparecer no Top 3 após cinco meses de ausência, registrou elevação de 8,2% no preço médio do seguro para homens e, curiosamente, queda de 8,2% para mulheres. São Paulo e Porto Alegre foram duas das capitais que contribuíram para esse resultado. Na cidade paulista, houve aumento de 22% no seguro para o público masculino e redução de 8% para o feminino, enquanto no município gaúcho a cotação ficou 29% mais cara para eles e 19% mais barata para elas, em comparação com o levantamento do valor do seguro dos carros mais vendidos em setembro.


Ford KA e Jeep Renegade registram queda no preço do seguro para ambos os públicos; Valores no RJ tem redução em pelo menos 8 modelos


Sexto colocado no ranking dos veículos mais vendidos do Brasil, o KA registrou queda no preço médio do seguro tanto para homens quanto para mulheres. Para o público masculino, o valor passou de R$ 1.920, em setembro, para R$ 1.652, em outubro, o que significa uma redução de 14%. Já para o feminino, os preços diminuíram 3,6%. Ainda com relação ao preço do seguro do modelo da Ford, chamou a atenção a queda de 18,3% para eles e de 14,5% para elas na cidade de São Paulo.

Outro modelo que registrou variações para baixo quanto ao preço do seguro foi o Renegade, nono colocado na lista. O veículo da Jeep seguiu os passos do KA, apresentando redução de 11% na média entre as capitais cotadas para homens e 13,7% para as mulheres. No Rio de Janeiro, a queda nos valores do seguro do SUV foram ainda maiores: 13,8% para o perfil masculino e 17,8% para o feminino.

Após dois meses consecutivos no Top 3, o Gol fechou outubro na quarta colocação da lista. No que diz respeito ao preço médio do seguro, o modelo mais vendido da Volkswagen registrou elevação de 10% para o perfil masculino e redução de 8% para o feminino em comparação com o levantamento anterior. Essa tendência foi observada em São Paulo, cujos valores das cotações subiram 6,6% para os homens e diminuíram 8% para as mulheres. Na cidade de Porto Alegre, também houve aumento para eles, de 30,8%, e retração para elas, de 25,5%.

A quinta posição do ranking dos carros mais vendidos do Brasil em outubro ficou para o Fiat Argo. Quanto ao preço médio do seguro, o modelo da Fiat seguiu os passos do Gol, com elevação para o público masculino e redução para o feminino: +5,4% e -10,6%, respectivamente. No Rio de Janeiro, o Argo foi um dos 8 modelos a registrar queda no valor das cotações para ambos os perfis. Para os homens, a retração foi de 8% e, para as mulheres, de 14%.

Sétimo colocado no ranking e terceiro modelo da Chevrolet a emplacar no Top 10, o Tracker seguiu a tendência de queda no valor do seguro na capital carioca: 23,7% para as mulheres e 8% para os homens. Em setembro, elas pagavam R$ 3.950 no seguro do Tracker no Rio de Janeiro, enquanto em outubro o valor ficou em R$ 3.013. Para eles, o preço passou de R$ 4.377 para R$ 4.023.

Para o Compass, oitavo colocado no ranking dos carros mais vendidos do Brasil em outubro, o preço do seguro se manteve estável para homens e mulheres, em São Paulo, em comparação com o levantamento de setembro, com uma leve variação de + 0,3% no caso do público masculino e de - 0,3% para o feminino. Em Porto Alegre, houve elevação de 2,7% no valor do seguro para ambos os perfis.

Na décima posição, o Creta, da Hyundai, manteve o preço médio do seguro estável entre todas as capitais cotadas para homens e mulheres, mas registrou quedas acentuadas nos valores para o público feminino tanto no Rio de Janeiro quanto em Porto Alegre. Na capital carioca, elas pagavam R$ 3.722, em setembro, valor que passou para R$ 2.724, em outubro, uma retração de 26,8%. Já na cidade gaúcha, a redução foi ainda maior: de R$ 3.517 para R$ 2.128, o que representou uma queda de 39,5%.


Análise do preço do seguro dos mais vendidos


O preço médio do seguro de todos os 10 veículos da lista entre as capitais cotadas em outubro foi de R$ 2.390 para os homens, cerca de 4% maior do que o registrado em setembro. Para as mulheres, considerando este quesito, o valor médio foi de R$ 1.799 e representou uma redução de 6,4% em comparação ao mês anterior.

O valor médio do seguro mais barato para o público masculino, em outubro, ficou com o Ford KA. No levantamento realizado, os homens pagam R$ 1.652. Enquanto isso, o posto de valor médio do seguro mais alto ficou com o Compass: R$ 4.183. Para as mulheres, o menor preço médio do seguro registrado em outubro também foi o do Ford KA: R$ 1.245. O mais caro foi, assim como para o público masculino, o Compass: R$ 3.653. Para realizar o estudo, a Minuto Seguros considerou como perfil um condutor homem e uma condutora mulher, de 35 anos, ambos casados. Foram avaliados os preços dos seguros em dez capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Recife (PE), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Brasília (DF) e Vitória (ES).


Quem paga menos pelo seguro?


Dentro destes perfis mencionados, o preço do seguro para o Argo é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas para homens. O valor mais alto está no Rio de Janeiro, com R$ 2.110, e o menor em Florianópolis, por R$ 1.582, uma distância de R$ 528. No contraponto de diferença de valores, ainda citando o público masculino, o Compass é o que possui a maior diferença entre estados: R$ 3.627. A mais alta no Rio de Janeiro, R$ 6.728, e a menor em Brasília, com R$ 3.101. Para os homens, Florianópolis é a cidade com seguro mais barato: sete dos dez carros. Nos seguros com valores mais altos, o Rio de Janeiro é a cidade que detém os maiores preços: sete dos dez veículos. Vitória registrou o menor preço entre todos os modelos cotados no perfil masculino: R$ 1.402 para o KA. O preço médio do seguro para homens, em São Paulo, para os 10 carros mais vendidos é de R$ 2.146. Já no Rio de Janeiro, o valor é de R$ 3.096.

Agora, falando no perfil feminino, o KA é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas, com uma diferença de R$ 258, do valor mais alto, que está em Rio de Janeiro, com R$ 1.390, para o mais baixo, que está em Curitiba, com R$ 1.132. Em outra comparação, o Compass ficou com a maior distância de valores: R$ 2.267. O maior no Rio de Janeiro, com R$ 5.337, e a menor em Brasília, com R$ 3.069. No âmbito do público feminino, Curitiba ficou com o posto de cidade com o seguro mais barato: três dos dez carros. Já os valores maiores estão concentrados em maioria no Rio de Janeiro: sete dos dez veículos cujo seguro tem maior preço ficam na capital carioca. O menor valor entre todos os modelos e capitais cotados no perfil feminino ficou com Florianópolis: R$ 979 para o Onix Plus. O preço médio do seguro em São Paulo, para as mulheres, ficou em R$ 1.654 e no Rio de Janeiro, R$ 2.289.


Detalhes da cotação


Capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Recife (PE), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Brasília (DF) e Vitória (ES)..

Seguradoras: Azul, Alfa, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine, Sulamerica e Zurich.

Perfis: Homem e mulher, 35 anos, casado(a).

*As cotações utilizadas no texto são as de menor valor dentro dos perfis cotados com as seguradoras.


[+] SOBRE A MINUTO SEGUROS


A Minuto Seguros é uma corretora de seguros que possui um site de interface simples, com navegação segura e rápida, além de uma organizada estrutura de equipe de atendimento com consultores especializados e preparados para oferecer suporte por telefone, e-mail, WhatsApp ou presencial. Com a Minuto Seguros, você experimenta a verdadeira união da praticidade virtual com o comprometimento e o respeito do atendimento real. Essa combinação oferece aos clientes uma experiência completa, visando contemplar exatamente aquilo que cada um está buscando. São mais de 20 seguradoras disponíveis, incluindo os principais players do mercado. Além do Seguro Auto oferecido no site, destacam-se também o Seguro Residencial, o Seguro Viagem, Seguro de Vida, Seguro Saúde, o Seguro para Pequenas e Médias Empresas e outras soluções para empresas. Acesse: www.minutoseguros.com.br.

Em suas contratações, a Minuto Seguros busca promover a diversidade possibilitando oportunidades para todas as pessoas, independente de raça, cor, religião, etnia, orientação sexual, identidade de gênero e procedência nacional. Profissionais interessados em trabalhar na corretora podem cadastrar seu currículo e verificar as vagas disponíveis acessando: https://www.minutoseguros.com.br/quem-somos/trabalhe-conosco


Foto: Marcelo Blay, diretor da Minuto Seguros





Com informação suas decisões são mais seguras.
Agência Seg News @2019 Todos os direitos reservados

Rua Fritz Muller, 140 - São Paulo-SP Cep 02634-080 

WhatsApp: 95794-6570