MDS Brasil divulga protocolo de saúde e segurança para retomada

Documento está fundamentado em recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Agência Nacional de Saúde - A MDS Brasil, uma das principais corretoras do País no segmento de seguros, resseguros, gestão de benefícios e consultoria de riscos, divulga um Protocolo de Saúde e Segurança de Orientação de Retorno dos Colaboradores. Além de orientar seus profissionais, a iniciativa da companhia visa difundir a informação como uma ferramenta de combate à covid-19. Por isso, disponibiliza o Protocolo para todos, de forma gratuita. O documento contém importantes medidas de proteção, dicas e conteúdos destinados às novas rotinas de trabalho. Baixe o material neste link: https://materiais.mdsinsure.com.br/umnovonormalparatodos.

O documento é uma sugestão às empresas, que podem e devem adaptar as diretrizes dadas conforme a sua necessidade. "A nossa recomendação é que seja realizado um trabalho em conjunto com os departamentos Jurídico, Recursos Humanos e área médica para a implementação destas orientações. Este é um dos momentos mais difíceis que já enfrentamos. Esta conjuntura demanda muita responsabilidade para com as nossas atitudes e, por isso, nos organizamos para tomar algumas medidas voltadas à preservação da saúde e qualidade de vida de nossos funcionários e famílias, e também à continuidade do atendimento próximo e personalizado a clientes e parceiros", afirma o CEO da MDS Brasil, Ariel Couto.

O executivo destaca que algumas ações da empresa – já implementadas e testadas antes da pandemia – ajudaram a implementar o home office rapidamente, mantendo o atendimento de qualidade aos clientes. "Agora, aos poucos, o dia de retomar as atividades presenciais se aproxima, e tenho a absoluta convicção que as competências que temos como empresa e a qualidade que temos como equipe nos levarão a sair desta fase ainda mais fortes e unidos", disse o CEO. Os primeiros países afetados pela pandemia já começaram a flexibilizar suas medidas de isolamento, após longos e severos períodos de quarentena ou lockdown. As medidas são cautelosas e gradativas. O Brasil, no entanto, ainda registra um elevado número de casos.

Nesta conjuntura, as previsões econômicas para 2020 devem ser encaradas com seriedade, já que o mundo enfrentará uma inevitável e acentuada recessão global. Ariel Couto afirma que a preservação da saúde de todos junto à retomada das atividades econômicas impõe um equilíbrio desafiador e inédito para os poderes públicos e empresas que operam parcial ou integralmente. Para ele, novas estratégias também deverão ser analisadas para os empreendimentos que estão com suas operações paralisadas.

"No início da pandemia, a MDS – em Portugal e no Brasil – migrou em tempo recorde para o formato home office e continuou a funcionar a todo vapor, preservando colegas, clientes, parceiros e prospects. Estamos nos preparando para a retomada das atividades presenciais e bastante confiantes. Neste momento tão complexo, continuamos a ser uma voz positiva", diz o CEO Global da MDS, José Manuel Dias da Fonseca.

Além do Protocolo, a MDS Brasil criou um hotsite exclusivo sobre o assunto, no qual o público encontra notícias sobre a pandemia, materiais de apoio e também dicas de alimentação, saúde, higiene e atendimento médico. “Como consultores de seguros e riscos, sempre aconselhamos nossos clientes sobre como gerir seus ativos, sejam eles pessoas ou empresas. Sabemos que alguns riscos podem ser eliminados, outros apenas mitigados. Infelizmente, ainda não temos vacinas ou remédios contra o coronavírus. Resta-nos então conhecimento, adaptação e cuidado”, diz Beatriz Cabral, Head Global de Marketing e Comunicação do Grupo.


Retomada na prática: como as empresas podem seguir em frente


Os especialistas da MDS vêm acompanhando os desdobramentos da crise causada pela Covid-19 desde seus primeiros impactos no mundo e no Brasil e, por isso, já preveem alguns comportamentos e apontam direcionamentos para ganhar agilidade neste momento. Um ponto de atenção indicado pela companhia e que deve ser observado durante esta crise sanitária mundial é a saúde ocupacional. Além de planos específicos voltados à prevenção da Covid-19 no ambiente corporativo, muitos gestores vão enfrentar desafios orçamentários relacionados à oscilação inevitável dos custos dos benefícios de saúde no país. Não por acaso, atenta à situação nacional, em março de 2020, a Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) estendeu, em caráter excepcional, os prazos máximos para realização de consultas, terapias, exames e cirurgias não urgentes.

Diante destas variáveis, as empresas ainda precisam eleger meios e viabilizar recursos para manter os benefícios e coberturas oferecidas aos colaboradores neste momento delicado, além de reforçar as iniciativas de prevenção e promoção à saúde enquanto os funcionários estão dentro do ambiente de trabalho ou em regime de home office.

É necessário reavaliar a forma de monitorar e incentivar o uso consciente dos planos à distância, lapidar o acompanhamento dos gastos com benefícios de saúde e evitar despesas desnecessárias, como, por exemplo, o excesso de utilização do plano por parte de beneficiários e dependentes. Não menos importante, líderes também precisam estar atentos à saúde emocional dos colaboradores: é preciso acompanhar os que foram infectados e lutam contra o coronavírus, e também apoiar aqueles que passaram a fazer parte das estatísticas de aumento de casos de ansiedade ocasionada pelo isolamento.


Sobre a MDS


A MDS é um grupo multinacional de corretagem de seguro e resseguro, consultoria de riscos e gestão de benefícios. É líder de mercado em Portugal, está entre os maiores no Brasil e presente também em Angola, Moçambique e Espanha. Mundialmente, a companhia opera através da Brokerslink – empresa fundada pelo grupo e que gere uma rede de brokers presente em mais de 110 países, totalizando cerca de 18.000 profissionais de seguros. Em resseguro, a organização atua no Brasil, em Portugal e na África com a marca MDS RE. A RCG - Risk Consulting Group é a empresa referência em análise de riscos, controle de perdas, plano de continuidade de negócios e Enterprise Risk Management. Através da HighDome, uma Protected Cell Company (PCC), o grupo oferece soluções alternativas de transferência de riscos ao mercado tradicional de seguros. Por fim, enquanto a recente aquisição da Process reforça a expertise da empresa no setor de P&C e Garantias, a incorporação de uma participação na 838 Soluções e a compra da Ben’s reiteram o domínio no segmento de Benefícios Corporativos, Gestão Automatizada de Benefícios e Benefícios Flexíveis. Para mais informações, acesse: www.mdsinsure.com.br.



Com informação suas decisões são mais seguras.
Agência Seg News @2019 Todos os direitos reservados

Rua Fritz Muller, 140 - São Paulo-SP Cep 02634-080 

WhatsApp: 95794-6570