Fundación MAPFRE apoia capacitação de 150 mil professores em saúde Mental

Iniciativa, em parceria com a Secretaria da Educação, vai beneficiar mais de 3,5 milhões de alunos da rede pública do Estado de São Paulo - Uma parceria entre a Fundación MAPFRE e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo vai viabilizar a formação de cerca de 150 mil professores em saúde emocional e mental. O objetivo do projeto é capacitar os profissionais a identificar situações que possam afetar o bem-estar do aluno e o clima no ambiente escolar, colaborando para que a escola seja cada vez mais um espaço acolhedor.

Pelo acordo, a Fundación MAPFRE é responsável pelo desenho e desenvolvimento de conteúdos e estratégias necessários para a realização das formações dos professores e assim fazer chegar aos alunos as ações de desenvolvimento socioemocionais previstas no projeto.

A iniciativa também conta com o apoio técnico da Unifesp, que desenvolveu o material de treinamento dos profissionais. Além de uma apostila sobre saúde mental nas escolas, foram realizadas sessões de capacitação on-line com conteúdos que vão desde técnicas de meditação até como detectar sinais de depressão, bullying e orientações sobre como agir em cada caso.

Para atingir todos os públicos, o projeto foi dividido em três fases. A primeira, de capacitação a distância, foi voltada a gestores regionais do Conviva SP (Programa de melhoria da convivência e proteção escolar), vice-diretores e professores mediadores. A segunda, prevista para agosto, envolverá a formação dos profissionais de cada uma das 5148 unidades escolares, que também já receberam a apostila sobre saúde emocional. A terceira etapa foi marcada para setembro, mês da prevenção ao suicídio, e inclui os alunos, com rodas de conversa, palestras, murais sobre o tema e dinâmicas em grupo. O programa prevê ainda a produção de seis vídeos para serem utilizados em sala de aula.

Entre os temas abordados estão transtorno mental nas diferentes fases do desenvolvimento infanto-juvenil, o autoconhecimento emocional e autocuidado, a importância das relações no ambiente educacional, a saúde mental e emocional no contexto do Coronavírus, o impacto do bullying e da violência e quais os encaminhamentos possíveis para a escola. "O cuidado com a saúde emocional ajuda a construir uma cultura de paz e isso se reflete em melhores índices de aprendizagem", afirma Michele Nepomuceno, gestora do Conviva SP.

A parceria faz parte do Programa Viver com Saúde, da Fundación MAPFRE, que aborda temas como saúde infantil, alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas nas escolas. "Essa ação integra o eixo do cuidado Emocional do programa Viver com Saúde, que tem uma importante contribuição para a melhoria da saúde no ambiente escolar brasileiro, atuando na prevenção da ansiedade, depressão e demais fatores que influenciam na condição emocional dos jovens. Entendemos que a educação é o pilar do desenvolvimento do país, por isso acreditamos no grande impacto de iniciativas dessa natureza", destaca Fernando Pérez-Serrabona, representante da Fundación MAPFRE no Brasil e CEO da MAPFRE no país.


Sobre a Fundación MAPFRE


Com sede na Espanha e atuação em 31 países, a Fundación MAPFRE é uma instituição sem fins lucrativos, que tem o objetivo de promover, fomentar e investir em pesquisas, estudos e atividades de interesse geral da população. No Brasil atua para disseminar valores, promover o acesso à informação, cultura e visa contribuir com o bem-estar da sociedade, apoiando e desenvolvendo iniciativas nas áreas de Ação Social, Prevenção e Segurança Viária, Seguro e Previdência Social, Promoção da Saúde e Cultura. Em 2019, suas iniciativas impactaram mais de 3 milhões de brasileiros. Site: http://www.fundacionmapfre.com.br



Com informação suas decisões são mais seguras.
Agência Seg News @2019 Todos os direitos reservados

Rua Fritz Muller, 140 - São Paulo-SP Cep 02634-080 

WhatsApp: 95794-6570