• Ivanildo Sousa

Elisabete Prado é a nova presidente da Delphos

Executiva percorreu uma longa e vitoriosa trajetória profissional na empresa, tendo ocupado os mais variados cargos técnicos, gerenciais e de diretoria até alcançar a vice-presidência e presidência - Admitida na empresa em 1980 como analista de sinistros, Elisabete Prado teve uma carreira exemplar, que avançou rapidamente de encarregada da área de sinistros de danos materiais para subgerente de sucursal, gerente de sucursal, gerente regional sudeste, diretora adjunta de corporações, diretora comercial e de marketing até chegar à vice-presidência e, finalmente, presidência.

Para a executiva, a missão de estar no comando desta tradicional e reconhecida empresa de prestação de serviços do mercado segurador, “é encarada como um grande desafio, uma vez que a empresa sempre foi presidida pelos acionistas fundadores e, nos últimos 14 anos, pelo Eduardo Menezes, que apesar de não ter sido fundador, é filho de um deles e é o principal acionista da empresa. A Delphos, ao longo de seus 54 anos, sempre esteve sob o comando direto da família, com exceção de um curto período num passado já longínquo. Ou seja, a responsabilidade é imensa, mas a confiança depositada em mim, me fará cuidar da gestão da empresa como se eu fizesse parte da família. O momento é interessante, pois estamos numa fase de implementação de um projeto de alta complexidade que, no longo prazo, fará a empresa dar um salto em seu patamar qualitativo”. Além de Elisabete Prado na presidência, os acionistas da Delphos, em assembleia geral ordinária, realizada em 12 de abril, elegeram a diretoria que irá conduzir a empresa no período de maio de 2021 a abril de 2022.


Nova diretoria


Henrique Albuquerque Macieira é o diretor de operações da empresa. Contratado em 1988 como analista de seguros. Foi coordenador de faturamento do seguro habitacional, coordenador de sinistros do habitacional, superintendente e diretor.

Fernando da Silva Menezes será o diretor comercial para novos negócios. Admitido em 2007 como assistente financeiro, passou a diretor de planejamento e controle e, depois, diretor responsável pela Delphos Investimentos e pela Delphos Assistência a Pessoas e Bens, retornando a Delphos para ocupar a diretoria de gestão corporativa. Nei Tadami Ogawa foi admitido na empresa em 2009 como superintendente de TI, saiu em 2013 para novos desafios, e retornou em agosto de 2020 como diretor de TI.


O brilho das mulheres


A presidência da Delphos sob o comando de Elisabete representa também uma nova etapa de conquistas para as mulheres de todo o mercado de seguros, onde a participação feminina vem aumentando significativamente nos mais altos postos hierárquicos.

Elisabete Prado revela que na Delphos as mulheres correspondem a 31% do efetivo. Admite que em termos absolutos, o número ainda é pequeno. Contudo, ressalva que a empresa tem mulheres em posições muito relevantes, como, por exemplo, na coordenação das áreas de gestão de processos, Jurídica, RH, Segurança da Informação, Compliance e LGPD. “Eu fico muito feliz e honrada por ser mais uma mulher a galgar um posto de comando numa empresa do mercado de seguros. É um reconhecimento ao trabalho que muitas de nós realizamos com dedicação e competência. O desejo é que outras possam se juntar à essa empreitada”.


Apoio


Ao se despedir da presidência, Eduardo Menezes, deixou uma mensagem aos colaboradores: “A esse time desejo o maior sucesso e que superem, em muito, os resultados que tivemos no tempo que fui o presidente da empresa. À toda a equipe da Delphos, peço que apoie a nova diretoria de forma incondicional”.


Sobre a Delphos |


Com 54 anos de atuação, a Delphos foi a primeira empresa de serviços criada para atender especificamente ao mercado segurador brasileiro. A companhia está capacitada para prestar serviços em qualquer atividade relacionada aos diversos ramos de seguros, desde a análise preliminar dos riscos até a regulação do sinistro, com destaque para a tecnologia da informação. [www.delphos.com.br]