CVG-RJ e NION miram no futuro com apoio da tecnologia

O “Almoço com Seguro” lançou luz sobre a tecnologia de forma simples, descomplicada e longe do jargão carregado na terminologia em inglês ou em segurês - A tarefa coube a dois especialistas internacionais da NION, Dogan Kaleli, fundador e CEO da Global Nion Network e Thiago Soares, CEO da Nion Latam. Ambos com larga experiência em empresas multinacionais de seguros.

A insurtech NION acaba de desembarcar Na América Latina e tem na bagagem uma larga experiência de atuação em mais de 15 países em cerca de dez segmentos. Já iniciou conversas com grupos seguradores e insurtechs do Brasil.

Coube ao presidente do CVG-RJ, Octávio Perissé, o vice-presidente, Enio Miraglia e o diretor de seguros, Edson Calheiros recepcionar os convidados e formular as perguntas aos executivos.

O foco do debate foi como as insurtechs podem colaborar para o desenvolvimento do mercado de seguros, tanto as seguradoras como os corretores e todos os seus players oferecendo tecnologia de forma simplificada e acessível a todos os profissionais envolvidos na atividade e em consonância com as necessidades do novo consumidor.

Dogan Kaleli vê a inovação como uma “transformação digital que visa melhorar, tornar mais eficiente todos os processos e modificá-los a nível global”. Thiago Soares destacou que a inovação apoia o corretor a desenvolver o seu papel consultivo, a fazer boas subscrições e tornar os seus processos rápidos e transparentes para os seus clientes. “No caso do Seguro de Vida, o corretor pode oferecer uma melhor avaliação do risco, fazer vistoria digital, agregando valor aos serviços prestados às seguradoras e aos segurados”, afirmou Soares.

O diretor do CVG-RJ, Edson Calheiros, lembrou que o Brasil recebeu este ano um prêmio da OIT (Organização Internacional do Trabalho) por um projeto de distribuição de microsseguro totalmente digital. Ele defendeu que a tecnologia seja passada ao corretor de “forma descomplicada”, como uma ferramenta digital para que ele possa se relacionar com o segurado de forma simples, permitindo a emissão de apólice rapidamente e outras facilidades”, afirmou.

Quanto a esse aspecto, Soares explicou que a NION aboliu o segurês e as palavras importadas.” Trabalhamos com o conceito de conveniência para fechar um seguro”. Como exemplo dessa prática, ele citou a plataforma UBER, que arrebanhou milhares de clientes ao redor do mundo ao oferecer conveniência e comodidade.

Soares complementa afirmando que a NION não quer reforçar o discurso do que é inteligência artificial, block chain etc. Mas explicar ao pequeno corretor como estas ferramentas podem ajudá-lo a vender cem mil seguros em curtíssimo espaço de tempo, por exemplo. “Um desafio aceito”, afirma.

Segundo o especialista, o consumidor mudou muito, não quer coberturas de Seguro de Vida somente para casos de morte, ou seguro AUTO para pagar por 12 meses e usar 30 dias. No novo mercado “o profissional terá que se adaptar à experiência do segurado, usar a tecnologia, mas ter uma grande capacidade de relacionamento físico, olho no olho, para sobreviver”, finalizou.

“O seguro é essencial na vida do brasileiro. Temos que introduzir o seguro na cesta básica da nossa população. Para isso, temos que contar com a tecnologia e informação de qualidade”, completou Calheiros.

O vice-presidente Enio Miraglia destacou o papel do CVG-RJ como entidade educativa e de difusão da cultura do seguro de Pessoas e de Benefícios no Brasil. “Certamente, terá um papel importante para apresentar as ferramentas tecnológicas de forma simples e compreensível para todos os envolvidos nas operações de seguro”.

No final do encontro, o presidente Octávio Perissé, manifestou sua solidariedade aos parentes e amigos dos quase 500 mil mortos pela covid-19, como algumas personalidades queridas e próximas ao CVG-RJ: o seu fundador, Minas Mardirossian, seus ex-presidentes e conselheiros, Antônio Ribeiro e Danilo Sobreira, entre outros associados, corretores, profissionais do mercado, parentes e amigos.

Para assistir ou rever o “Almoço com Seguro”, basta acessar o canal do CVG-RJ no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=Gaf4cf-oJHU


Sobre o CVG-RJ |


O Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro surgiu há 54 anos com objetivo de estimular o crescimento dos Seguros de Pessoas no Brasil. Hoje, as empresas beneméritas colaboram para que o CVG-RJ desenvolva as suas atividades, entre seguradoras, corretoras, consultorias e assessorias de seguro. Ao todo, são mais de 1.200 associados, que participam de sua programação. Em cursos de formação profissional, foram capacitados milhares de alunos, que hoje desempenham funções importantes nas empresas do mercado.

A diretoria executiva 2019-2021 é composta por: presidente: Octávio Colbert Perissé; vice-presidente: Enio Miraglia; diretoria de seguros: Edson Calheiros; diretoria social: Wellington Costa e diretoria financeira: Gilberto Villela.