• Ivanildo Sousa

Bradesco Saúde e Mediservice divulgam lista de referenciados para tratamento da Síndrome Pós-Covid

Objetivo é oferecer atendimento preventivo e coordenado, para evitar a evolução de complicações em pacientes com sequelas da doença - Com o objetivo de direcionar o beneficiário ao tratamento especializado para os casos da síndrome pós-covid, e assim contribuir para prevenir a evolução de complicações das sequelas da doença, a Bradesco Saúde e a Mediservice disponibilizam uma rede de referenciados para a assistência mais adequada. As consequências deixadas pela Covid-19 se tornaram desafios para muitas pessoas que superaram a doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), um em cada quatro pacientes pode permanecer com sintomas por quatro ou cinco semanas após testar positivo para o vírus. Além disso, uma em cada dez pessoas pode continuar com os sintomas por mais de 12 semanas.

Disponíveis na seção “Referenciados – Síndrome Pós-Covid” do hotsite coronavírus (www.bradescosaude.com.br/coronavirus) e atualizadas constantemente, as listagens reúnem hospitais e clínicas da rede referenciada, de várias regiões do país, para o tratamento voltado ao pós-Covid. A ideia é garantir o atendimento coordenado, com a visão integral sobre o paciente, e de acordo com a necessidade de cada beneficiário.

A partir das especialidades mapeadas, a Bradesco Saúde e a Mediservice fazem a seleção e organização dos prestadores para o tratamento aos diferentes quadros da síndrome pós-covid. Nos hospitais e clínicas que já fazem parte da iniciativa, um médico clínico ou pneumologista atua como responsável por indicar os casos a médicos especialistas, terapeutas e demais profissionais da saúde, dependendo da necessidade do paciente.

“Estamos dedicados ao tema pós-Covid e mobilizados para que as pessoas tenham o tratamento adequado, com suporte multidisciplinar, para as consequências que podem surgir. Temos uma rede referenciada estruturada para oferecer esse tipo de serviço completo. Essa seleção de prestadores, com base nas especialidades que identificamos, visa a ajudar o beneficiário a encontrar, com mais assertividade, clínicas especializadas e hospitais que oferecem um conjunto de especialidades para o tratamento pós-Covid”, explica Thais Jorge, diretora da Bradesco Saúde e da Mediservice.


Cartilha Síndrome Pós-Covid


A publicação das listas de referenciados para tratamento da síndrome pós-covid é uma das iniciativas da Bradesco Saúde e Mediservice no movimento de estimular o cuidado e o tratamento preventivo das possíveis consequências da Covid-19.

Para apoiar seus beneficiários e também ajudar todos que buscam informações sobre os quadros de sequelas, a Bradesco Saúde e a Mediservice desenvolveram a cartilha “Síndrome Pós-Covid”, também disponível no hotsite sobre o coronavírus. O documento detalha os principais sintomas e atendimentos que as pessoas devem buscar. Link: https://bityli.com/1Qd2C

A cartilha tem como base estudos e pesquisas de instituições como a OMS, o Ministério da Saúde, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), o Sistema Nacional de Saúde britânico (NHS, na sigla em inglês), a revista The Lancet e artigos de especialistas.

O material lista uma série de complicações relatadas por pacientes, como fadiga/cansaço; dor de cabeça; perda de olfato e paladar; queda de cabelo; dor nas articulações; dor torácica; falta de ar; tosse e distúrbios do sono. E apresenta, de forma detalhada, as sequelas mais comuns e os tratamentos indicados especificamente para os sistemas respiratório, cardiovascular, osteoesquelético e nervoso central e periférico, incluindo as alterações neurológicas ou psiquiátricas.

“Com esse material, queremos estimular a conscientização sobre o tema e apoiar as pessoas para que tenham a assistência adequada. Vale ressaltar que é fundamental que as pessoas busquem o acompanhamento médico para o tratamento coordenado e assertivo”, completa Thais.


Ações preventivas


Outra iniciativa importante na prevenção e tratamento da Covid-19 é o serviço de telemedicina Saúde Digital, lançado em junho de 2020. Disponível por meio de aplicativo e de uma plataforma via site, que dá acesso a profissionais da rede referenciada com consultas online, o serviço já registrou mais de 300 mil atendimentos, dos quais cerca de 65% estão relacionados à Covid-19.

Entre os destaques da atuação da Bradesco Saúde e da Mediservice, com foco no modelo de Atenção Primária à Saúde (APS), também está a rede de clínicas “Meu Doutor Novamed”. Criada há cinco anos e atualmente com 23 unidades (7 delas no modelo in company), a rede registrou, apenas em 2020, a marca de 136 mil atendimentos, tendo como diferencial as consultas por livre demanda – sem necessidade de agendamento prévio – devido aos casos de suspeita de Covid-19 durante a pandemia.


Sobre a Bradesco Saúde

A Bradesco Saúde é líder consolidada do mercado de planos e seguros privados de saúde, com maior destaque no segmento de planos coletivos, para empresas de todos os tamanhos, atuando em todas as regiões geográficas do país. Hoje atendendo a cerca de 3,6 milhões de beneficiários, e presente em mais de 1,4 mil municípios do país, a Bradesco Saúde e sua controlada Mediservice contam com ampla rede médica referenciada composta por mais de 47 mil prestadores médico-hospitalares, mais de 3,3 mil hospitais e cerca de 10,9 mil serviços de diagnósticos e análises laboratoriais.

No primeiro trimestre de 2021, as duas empresas apresentaram, em conjunto, faturamento superior a R$ 6,97 bilhões, crescimento de 4,91% em relação ao mesmo período do ano anterior. O destaque foi para o segmento de seguro-saúde SPG (Seguro para Grupos), que subiu 5,6%, em números de beneficiários.


Thais Jorge, diretora da Bradesco Saúde e da Mediservice.