Mercado de seguros comemora alta em 2019 e espera novo crescimento em 2020


O presidente da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), Marcio Coriolano, comemorou hoje a taxa de crescimento da arrecadação de 12,6% no setor, entre janeiro e outubro de 2019, muito superior à inflação do período e a maior dos últimos seis anos. O dado mostra que os desafios de 2018 foram superadas e abre espaço para uma previsão otimista para 2020. O discurso ocorreu no Rio de Janeiro durante o encontro anual que reúne as principais lideranças do mercado de seguros e os dirigentes da FenSeg, FenaPrevi, FenaSaúde e FenaCap. Também estiveram presentes Solange Paiva Vieira, superintendente da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) e Leandro Fonseca, diretor-presidente daANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

- Tivemos marcos importantes que impulsionaram o mercado em 2019, como a votação da Reforma da Previdência e os novos marcos regulatórios que vão desde a Lei da liberdade Econômica até a prioridade dada, no Congresso Nacional, aos temas reformistas e a desregulamentação da economia. São mudanças que vãoelevar o grau de competição entre agentes econômicos, gerando maior eficiência na vida nacional, avaliou Coriolano.

O presidente da CNseg lembrou ainda que o setor se destacou pela resiliência, com aumento de eficiência operacional, ganhos de produtividade e solvência, o que ajudou a ampliar a base de seguros.

Durante a solenidade, Solange Vieira (SUSEP) lançou para as seguradoras o desafio de oferecerem produtos cada vez mais simples e específicos, com aumento da competição. O objetivo é estimular o crescimento domercado com redução de preços nos serviços.

- Estamos trabalhando com regulamentações para facilitar que o mercado de seguros opere de forma maissimples na palma da mão e que grande parte das operações possam ser feitas pelo celular. O setor ainda tem muito a se desenvolver, ponderou.

Já Leandro Fonseca (ANS) mostrou o amplo crescimento da adesão da população aos planos de saúde complementar, que hoje já asseguram 47 milhões de pessoas no país. "Temos ainda muito o que fazer para renovar o mercado e acredito que o crescimento econômico do país previsto para 2020 vai acelerar ainda mais a ampliação do número de segurados", previu.

O presidente da Federação Nacional dos Seguros Gerais (Fenseg), Antonio Trindade, mostrou também otimismo com o atual cenário de juros e inflação baixos e espera um crescimento da arrecadação do setor de seguros gerais em 2020, visto que, em 2019, seu maior motor, que é o seguro de automóveis, foi muito impactado pela redução das vendas de veículos e, principalmente, pela "concorrência desleal das empresas de proteção veicular".

Para o presidente da Federação Nacional de Previdência Privada (Fenaprevi), Jorge Nasser, esse ano foi desafiador, com várias adversidades, mas é preciso celebrar o crescimento gerado no período. Para ele, o cenário econômico do próximo ano exigirá foco no cliente, transparência e inovação. Os planos de previdência somam R﹩ 1 trilhão em suas reservas, o que aumenta a reponsabilidade das empresas do setor. "Não somos gestores de fundos de investimentos. Somos gestores de planos que garantem a proteção das famílias e o planejamento da qualidade da qualidade de suas vidas", avaliou.

O presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar, João Alceu Amoroso Lima, mostrou que o grande propósito da Fenasaúde é suscitar um amplo debate sobre a regulamentação da cobertura de forma a permitir a inclusão de um número cada vez mais expressivo da população nos planos de saúde.

Por sua vez, Marcelo Farinha, da Federação Nacional de Capitalização (Fenacap), mostrou que o mercado mudou completamente e comemorou o retorno do crescimento no patamar de dois dígitos. Ele também salientou a importância do novo marco regulatório do segmento de capitalização.

Prêmio à inovação

Durante a solenidade, foram anunciados os vencedores do 9º Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, promovido pela CNseg, a Confederação das Seguradoras, que reconhece as soluções inovadoras para potencializar o mercado de seguros. Almeida Braga ficou conhecido por prestigiar a criatividade dos prestadores de serviço do setor segurador.

Nesta edição, 129 projetos foram inscritos nas categorias de Produtos e Serviços; Comunicação; e Processos e Tecnologia. Após avaliação, quinze cases foram pré-selecionados e, por fim, os nove vencedores foram revelados na premiação anual. Todos os participantes estão inseridos no mercado de seguros e buscam soluções práticas que podem ser implantadas no dia a dia das empresas e prestadoras de serviço.

"São projetos recentes e já implementados pelas empresas que geraram resultados significativos para os segurados", afirmou Solange Beatriz Palheiro Mendes, diretora de relações de consumo e comunicação da CNseg.

Confira os premiados:

Categoria: Produtos e Serviços

Em primeiro lugar, o projeto escolhido foi Idoso Bem Cuidado: Integração da cadeia de saúde como estratégia do cuidado, da SulAmérica Companhia de Seguro Saúde e de autoria da Katia Weber com coautores. Trata-se de um programa de promoção à saúde e prevenção de doenças para pessoas a partir de 65 anos, que envolve uma visão geral do paciente e propõe um modelo de atenção integral e personalizada.

Já o segundo e terceiro lugar também foram para a SulAmérica destinados aos projetos "Médico na Tela - Teletriagem médica por vídeo" e "Auto. Vc: Acelerar demais? Só na inovação", criados, respectivamente, por Viviane Mathias e Patrícia Ornellas com apoio de coautores. O Médico na Tela é um serviço de teletriagem que possibilita interação entre beneficiários e médicos por meio de videochamada para tirar dúvidas rápidas em casos de baixa complexidade. Já o case Auto. Vc: Acelerar demais? Só na inovação usa aplicativos como detelemetria para monitorar a direção e o comportamento dos motoristas, que, se apresentarem boas práticas,podem receber brindes e descontos no seguro auto da SulAmérica.

Categoria: Comunicação

A medalha de ouro desta categoria foi para o case da Amil Assistência Médica Internacional. Desenvolvido por Eduardo Gil e coautores, o JurisHealth é uma multiplataforma com conteúdo educativo e informativo paraesclarecer os principais temas que geram judicialização no âmbito de saúde suplementar (planos de saúde).

A prata foi para o projeto Dress CODE - Seu jeito, Sua Agenda da SulAmérica de autoria da Julia Nejaime e coautores. O case consiste no conjunto de ações realizadas para o lançamento do novo dress code (código de vestir) da seguradora com a intenção de garantir o alinhamento das equipes, aumentar o engajamento e impactar na retenção e atração de talentos a partir de uma mudança cultural na companhia.

Por fim, o bronze foi para a Liberty Seguros. Sob criação de Luiza Maia, o projeto Mulheres Seguras busca inspirá-las e capacitá-las para que tenham mais representatividade, presença no mercado e em cargos de liderança, e que conquistem cada vez mais salários melhores e justos.

Categoria: Processos e Tecnologia

O pódio máximo desta categoria foi para o case Solicitação de Medicamentos, desenvolvido por Paolo Marini e coautores da SulAmérica Saúde. O projeto busca melhorar a experiência do beneficiário que realiza tratamento com medicamentos especiais, além de trazer acolhimento, transparência, segurança e qualidade nos processos.

O segundo lugar ficou com a Seguradora Líder com o projeto Novo Modelo de Prevenção e Combate a Fraudes de autoria da Mariza Trancho e coautores. A meta é garantir à seguradora meios mais eficientes para ogerenciamento dos riscos de fraude em processos de indenização de sinistros do Seguro DPVAT e, assim, potencializar a sustentabilidade do produto, principalmente com foco no beneficiário.

Já o projeto Venda Digital, criado por Bruno Ferreira e coautores, consagrou-se em terceiro lugarrepresentando a Mongeral Aegon Seguros e Previdência. A inovação desenvolvida foi a digitalização do processo de venda atual, que utiliza formulários, guias e folders em papel, em uma solução digital simples, integrada e eficiente, que melhore os processos internos e oferece dinamismo.

http://www.youtube.com/watch?v=P0j51SJL9Eg

Saiba mais em http://www.cnseg.org.br

Sobre a CNseg

A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) congrega as empresas que compõem o setor, reunidas em suas quatro Federações (FenSeg, FenaPrevi, FenaSaúde e FenaCap). A missão primordial da CNseg é congregar as lideranças das Associadas, elaborar o planejamento estratégico do setor, colaborar para o aperfeiçoamento da regulação governamental, coordenar ações institucionais de debates, divulgação e educação securitária e representar as Associadas perante as autoridades públicas e entidades nacionais e internacionais do mercado de seguros.


Com informação suas decisões são mais seguras.
Agência Seg News @2019 Todos os direitos reservados

Rua Fritz Muller, 140 - São Paulo-SP Cep 02634-080 

WhatsApp: 95794-6570