Evento realizado pela AIDA debateu impactos da Nova Previdência na Sociedade e no Setor de Seguros

13/06/2019

Na última quinta-feira (06), no auditório da Escola Nacional de Seguros em São Paulo, a Associação Internacional de Direito de Seguros (AIDA) reuniu especialistas do setor para discutir os aspectos da Nova Previdência e seu impacto na sociedade e no seguro.

A palestra de abertura foi de Wagner Balera, coordenador da Cátedra de Previdência Complementar Aberta da ANSP, que apresentou a questão social do século XXI: O envelhecimento. "A projeção é que até a metade do século um terço da população mundial será constituída de idosos. O problema desse fato é que esse volume de pessoas terá dispêndios de grande envergadura, principalmente na área de saúde. Portanto, os sistemas de saúde ficarão sobrecarregados para atender essa demanda maior e o Estado não se preparou para dar essa assistência necessária", afirma. Balera ainda explica que o sistema de previdência, que estava preparado para custear um benefício de duração média de 8 a 10 anos, terá que pagar o benefício durante 20 a 25 anos. "Então podemos ver que a previdência terá um impacto extraordinário sobre o envelhecimento", conclui.

Em seguida, o Sérgio Rangel, coordenador da Cátedra de Previdência Complementar Fechada da ANSP expôs o seu ponto de vista. "Nosso país, se for comparado a outros, pode ser considerado um ponto fora da curva, pois gasta relativamente muito do seu PIB em benefícios previdenciários e não tem uma população tão envelhecida, ou seja, 12,5% da população com mais de 65 anos geram essa taxa de dependência. Comparado a outros países, o Brasil está numa situação de comprometimento muito grande da sua previdência e nós temos uma perspectiva de que lá pelo ano de 2060 tenhamos quase 30% da nossa população com mais de 65 anos", explica Rangel.

Ivy Cassa, apresentou seus questionamentos em torno no assunto: "Tem se falado muito sobre a previdência pública e as eventuais mudanças que vão acontecer por conta da proposta da emenda constitucional, mas o ponto é que isso vai culminar em uma demanda maior para os produtos de previdência privada e, do ponto de vista jurídico, percebemos que ainda existem diversos pontos a serem trabalhados, como, por exemplo, a questão da penhora, da tributação em caso de falecimento, da indicação de beneficiários, dentre outros", conclui.

A abertura e a mediação ficaram a cargo da Magali Zeller, coordenadora da Cátedra de Ciência Atuarial da ANSP. O evento teve apoio da Escola Nacional de Seguros (ENS) e da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP).

Link para download da foto em alta: https://we.tl/t-IRV8UiFpaL

 

 

 

Please reload

Quinzena do Seguro .gif

Autoreguladoras: Susep disponibiliza Consulta Pública até 19 de Fevereiro

January 21, 2020

I Congresso Seg News de Tecnologia e Seguros (I CONSEGTECH) será realizado no La Residence Hotel

January 17, 2020

Declaração de Direitos de Liberdade Econômica: as novas regras se aplicam ao Mercado de Seguros regulado? Quando terão início as mudanças? O que esper...

January 15, 2020

CVG-SP está promovendo Curso de Atuária - Intensivo Férias

January 15, 2020

Bradesco Auto/RE é eleita a ‘Escolha Certa’ no segmento de automóveis pela Proteste

January 15, 2020

Fábio Carbonari inicia programação de eventos da Seg News com Workshop sobre Lucros Cessantes na 5a Feira!

January 14, 2020

MAG Seguros: a nova marca da Mongeral para o Futuro!

January 12, 2020

Workshops de Lucros Cessantes, Análise de Balanços Financeiros e Seguro Garantia serão realizados no Hotel La Residence!

December 30, 2019

STF suspende efeito de MP que extinguiu Seguro DPVAT

December 20, 2019

1/4
Please reload

Agência Seg News - Com informação suas decisões são mais seguras @2019 Todos os direitos reservados

Rua Fritz Muller, 140 - São Paulo-SP Cep 02634-080   -  WhatsApp: 95794-6570   -  Tel 2278-1774