Please reload

everis aponta fatores que um CEO de seguros deveria considerar para obter bons resultados em 2019

11/04/2019

A  everis, multinacional de consultoria que oferece soluções de estratégia e de negócios, recentemente, fez um estudo sobre os principais fatores que determinarão o futuro do setor de Seguros no Brasil e em outras economias da América Latina. “O mercado de seguros nacional ainda tem muito a evoluir para diversificar seus produtos e oferecer aos consumidores uma jornada mais interessante e proveitosa, com características mais adequadas às suas necessidades e expectativas. Por isto, penso que é importante apresentar aos CEOs das seguradoras fatores identificados que serão determinantes para o sucesso nos negócios neste e nos próximos anos”, afirma Roberto Ciccone, sócio da everis responsável pela Prática de Seguros na região Américas.

O primeiro fator é ser capaz de oferecer ao cliente uma experiência 100% digital, ou seja, dar ao cliente as ferramentas necessárias para que faça subscrição, incorporação, assinatura digital e inicie os sinistros on-line, além de possibilitar que faça sugestões e reclamações on-line. Quanto mais o cliente interagir digitalmente com a empresa, mais rica se tornará a base de dados, o que permitirá à empresa ter um perfil mais completo e assertivo de cada um dos seus consumidores e, por consequência, a criação e oferta de produtos mais personalizados.

As empresas de seguros também precisam, como segundo fator, reforçar os canais digitais– com a utilização, por exemplo, de robôs para fazer a aproximação do segurado com o corretor – e oferecer escritórios phydigitais (físico + digitais) em sua rede de agências na banca seguros e ter uma verdadeira transformação com marketing digital para a rede.

Só assim será possível identificar necessidades diferenciadas para experimentar novos produtos – ou seja, seguros peer-to-peer (P2P), microsseguros ou seguros sob demanda e soluções de cibersegurança baseados em IoT. “Outra área na qual será possível inovar muito é a de saúde digital, com investimentos mais efetivos em telemedicina, gestão de consultas e de pacientes crônicos, bem como serviços de assistência remota”, destaca Ciccone.

Segundo ele, para isto, é preciso também que a seguradora tenha dados assertivos de toda a cadeia de valor - da inteligência empresarial (BI) ao BigData, para que tenha uma visão do consumidor 360 graus e possa utilizar soluções analíticas avançadas para prevenir e detectar fraudes, além de Big Content. O executivo reforça ainda que é preciso adequar-se e aproveitar os investimentos para as novas regulamentações para melhorar conhecimento completo sobre o cliente e seus riscos.

Outro fator que pode ser utilizado como diferencial pelo CEO é a adoção de um programa de transformação cultural, incentivando o público interno e da cadeia de valor a empreender, viabilizar o conceito de agilidade no negócio e fazer gestão inteligente do conhecimento. “Desta forma, é possível investir em uma organização ambidestra, que observa diferentes tendências para construir cenários potenciais e explorar modelos de incubadoras de projetos e de colaboração com startups a fim de inovar e destacar-se da concorrência, enquanto continua mantendo a operação”, explica Ciccone.

Todos os fatores reforçam a necessidade de ter processos simples, propiciados por uma maior automação com uso de robôs (RPAs) + soluções cognitivas, blockchain e contratos inteligentes para automatizar os processos. Essencial, também é a aceleração da transformação de TI – utilizando Agile + DevOps, cloud, modelo de aceleração de projetos, integração e arquitetura modular, além de aplicar inteligência artificial – com Chatbots e roboadvisors para atendimento interno.

Só assim será possível otimizar as vendas pela internet, para oferecer um modelo mais coerente com as novas gerações de consumidores millenials, que são mais práticos e exigentes quando se trata de suas questões específicas, além de serem sensíveis a preços. “Com esta finalidade, é interessante ter um gerenciador de sites comparativos e estratégias de marketing digital avançadas”, reforça o executivo da everis.

Ciccone conclui afirmando que “a observação de todos estes fatores exige especial atenção do CEO e do C-Level das companhias de seguro para que a transformação digital seja bem-sucedida e estratégica para o crescimento dos negócios, da fidelização dos clientes e da lucratividade. ”

 

Sobre a everis

 

A everis é uma empresa do grupo NTT DATA que oferece soluções comerciais e estratégicas, desenvolvimento e manutenção de aplicações tecnológicas e serviços de terceirização. A empresa, que conduz suas atividades nos setores de bancos, seguros, indústria, serviços públicos, telecomunicações, administração pública e saúde, obteve um faturamento de 1,17 bilhão de euros no último exercício. Atualmente, conta com mais de 21.000 profissionais distribuídos em seus escritórios e centros de alto desempenho em 17 países.

A NTT DATA é uma prestadora de serviços de TI e parceira de inovação global líder de mercado, sediada em Tóquio, com operações comerciais em mais de 50 países. Nosso foco está no compromisso de longo prazo, combinando alcance global com intimidade local para fornecer serviços profissionais de primeira, que variam de consultoria e desenvolvimento de sistemas a terceirização. Para mais informações, visite www.nttdata.com.

 

Foto: Roberto Ciccone, sócio da everis responsável pela Prática de Seguros na região Américas.

 

Please reload

Quinzena do Seguro .gif

Seg News fecha agenda de 2019 com os Seminários de Arbitragem e de Gerenciamento de Riscos de Incêndio e Explosões no dia 05 de Dezembro!!!!!!!!!!

November 16, 2019

Agenda Seg News 2020 com novos temas e palestrantes: Lucros Cessantes, Análise de Balanços, Licitações de Garantia, Gerenciameto de Riscos e Seguro de...

November 16, 2019

GBOEX tem novo Superintendente de TI

November 14, 2019

Refinamento da cobertura de seguro no setor hoteleiro

November 14, 2019

IRB Brasil RE apresenta iniciativas inovadoras na ABGR

November 14, 2019

Susep desregulamenta categoria dos Corretores de Seguros

November 11, 2019

Governo edita Medida Provisória que extingue DPVAT a partir de 2020

November 11, 2019

CNseg promove encontro de gerações em websérie

November 5, 2019

Haverá amanhã para as Operadoras de Plano de Saúde de Pequeno e Médio Porte?

November 5, 2019

1/4
Please reload